Facebook do CCMI

Facebook do CCMI

Publicações no Youtube

Aceda 

ao Nosso Canal MEO

Lema do CCMI

Ciências Físicas e Naturais

PALESTRA AS FLORESTAS PORTUGUESAS

Imprimir

No dia 23 de novembro, no âmbito da semana da Ciência, esteve no Colégio o Professor Doutor Jorge Paiva, Botânico e Investigador principal na Faculdade de Ciências da Universidade de Coimbra. Realizou uma Conferência sobre o tema “As Florestas Portuguesas”, direcionada aos alunos de 8.º ano.

Nesta Conferência foi referida a constituição das florestas que têm vindo a ocupar o território nacional.

Inicialmente, existia uma floresta nativa, os Carvalhais, fagosilva(do gregophagós=carvalho e silva=floresta), que ao longo dos anos foi modificada pela intervenção dos homens. Os Descobrimentos tiveram um papel preponderante nesta destruição inicial da floresta portuguesa, devida à necessidade de naus para explorar os oceanos e chegar a outros continentes.

Há séculos que temos plantação de árvores nativas, como as azinheiras, sobreiros e carvalhos, que não são inflamáveis. Não é por acaso que o sobreiro (Quercus suber L.) é a nossa “Árvore Nacional”, e não o eucalipto. A azinheira e o sobreiro são carvalhos (Quercus), pelo que crescem muito mais lentamente que os eucaliptos. Assim, a preferência vai para os eucaliptos, muito mais rentáveis, satisfazendo os interesses da nossa sociedade de consumo.

Os alunos demonstraram muito interesse e entusiasmo pelo tema, ficando a saber que estas alterações, nomeadamente, a retirada destas espécies (carvalhos e castanheiros são as mais conhecidas “árvores bombeiras”) e a sua substituição por outras (eucalipto e pinheiro bravo), contribuem muito para os incêndios e alterações climáticas que têm assolado o nosso planeta.

Foi uma conferência muito enriquecedora que contribuiu para aprofundar e desenvolver o conhecimento dos nossos alunos nesta matéria.

                                                                       A Professora de Ciências Naturais

                                                                                              Lígia Rita

Resolução de Ecrã Recomendada: 1280x1024